segunda-feira, 12 de agosto de 2013

São Gilberto e a educação

           

           Diz a Sagrada Escritura: "Meu filho, aceita a instrução desde teus jovens anos; e ganharás uma sabedoria que durará até a velhice" (Eclo. 6,18). Esta palavra de vida foi vida na história e no amor que nutriu o coração do servo de Deus, São Gilberto. 
       Ele foi educado para a austeridade de uma vida regrada pela obediência e humilhação e atingiu o ápice de sua educação na escola da santidade evangélica e na fidelidade ao Senhor. Permitiu que sua sabedoria fosse alicerçada no Senhor. Partiu para terra estrangeira para aprimorar conhecimentos mas na verdade sua educação foi dada pela força do Espírito Santo que o iluminou em vista de um caminho a percorrer que era o seguimento a Cristo mais de perto.
             Depois que voltou para a casa de seu pai começou a trabalhar com os aldeões de Sempringham e foi ali que manifestou toda a sua santidade: o trato repleto de amor e misericórdia para com todos. O zelo e o cuidado pastoral assumido em favor de todos foi algo impressionante e a maneira de conduzir a todos foi de tal forma que qualquer um poderia perceber pela postura e comportamento dos seus dirigidos que eles eram formados pelo espírito de São Gilberto. Todos os reconheciam pelo seu fervor, zelo e silêncio pelas coisas da casa de Deus.
              São Gilberto educou a muitos tanto para a vida quanto para a fé. Ele cumpriu sua missão de educador da fé, seu título como Mestre foi para ele uma oportunidade para conduzir a muitos pela via da sabedoria de Deus, para a dignidade humana, para os valores evangélicos, para a postura coerente. Ele cumpre em sua missão o apelo do Senhor na Sagrada Escritura: "Meu filho, ouve-me, adquire uma instrução sadia, torna o teu coração atento às minhas palavras" (Eclo. 16,24).
        Os mosteiros gilbertinos foram escolas de santidade de vida, foram locais de formação cristã, foram celeiros de vida nova, porque São Gilberto era um homem de profunda intimidade com Deus através de uma vida devota e santa. Só pode educar para a vida de santidade e de valores aquele que experimentou em sua vida esses mesmos valores. E isto ele o fez com muita propriedade. Ele viveu o desejo do salmista em sua vida e em seus dias: "Uma só coisa peço ao Senhor e a peço incessantemente: é habitar na casa do Senhor todos os dias de minha vida" (Sl 26,4). 
            Que São Gilberto nos ajude a viver uma profunda abertura à palavra de Deus que nos educa e nos ensina a educar na fé a vida do nosso próximo.

bugs8

Nenhum comentário:

Postar um comentário